Resumo da Entrevista do Dr Schleip

Fascia 1

Esta pesquisa do dr Robert Schleip mostra como que um tecido chamado fáscia, parte do tecido conjuntivo do corpo, é desconhecido.

Com as novas tecnologias, usando-se microcâmeras com luz fria super potente, que são inseridas entre os tecidos, se descobriram vários novos aspectos deste tecidoo.

A fáscia tem uma constituição geométrica, fractal. Está sempre em movimento e tem uma capacidade de mudar de forma e se conectar dentro e fora das fibras musculares, entre as veias, artérias, nervos, tendões, e é tão imbricada em todos eles que a separação é impossível, só serve para conseguirmos estudar, é unicamente didática.

Algumas características da fáscia:

É o maior órgão sensorial do nosso corpo, responsável pela percepção corporal

Mesmo fora do corpo relaxa e contrai

Participa ativamente em todos os movimentos do corpo

Fluidos circulam por suas fibras capacitando o corpo de ter um funcionamento hidráulico

Quando perde a flexibilidade, leva a muitos desequilíbrios e dores: por exemplo, dor em ombros, pescoço, e outras queixas físicas como rigidez e encurtamentos musculares.

 

 

 

 

 

Novas descobertas sobre a Fáscia, a matéria primordial do Rolfing

Novas descobertas sobre a fáscia, parte do tecido mais abundante e menos conhecido do corpo humano e o alvo principal do Rolfing!
Este vídeo é uma entrevista com o Dr Robert Schleip, PhD em biologia humana, instrutor internacional de Rolfing e de anatomia da fáscia. Ele é certificado em Rolfing® desde 1978. Além do seu trabalho clínico como rolfista e dos cursos que ministra, ele dirige o Projeto de Pesquisa da Fáscia na Universidade de Ulm, na Alemanha, a mais avançada neste assunto atualmente (www.fasciaresearch.de). Ele recebeu um prêmio por seu trabalho em Medicina Musculo-Esquelética.

Ida Rolf

Ida Rolf sobre Integração Estrutural

“Se você é capaz de imaginar a sensação de ter um corpo fluido, leve, equilibrado, livre de dor, rigidez, e à  vontade consigo mesmo e com o campo gravitacional da terra, então você vai entender os objetivos da Integração Estrutural”

“If you can imagine how it feels to have fluid, light, balanced body, free of pain, stiffness and at ease with itself and earth’s gravitational field, then you will understand the goals of Structural Integration.”

Citação do Criador do Método Feldenkrais

Elogio ao Rolfing

‘’Nos seres humanos, a estrutura e a função não têm sentido isoladas uma da outra; assim,  quando a Ida Rolf  integra uma estrutura – como ninguém – ela melhora a função”.

Praise  for Rolfing

‘’In the case of humans, structure and function are meaningless, one without the other; so that when Ida Rolf integrates structure, as nobody else can,  she  improves functioning’’.

Moshe Feldenkrais

transformação

Mudanças Estéticas e de Comportamento

A Sandra veio fazer Rolfing porque não estava satisfeita com seu corpo e tinha muita dor nas costas. Com 30 anos, uma ótima profissional de estética, começou a ter dor nas costas  aos poucos, e ela foi aumentando, até que me procurou. Fizemos um tratamento que durou uns 5 meses, e ela, além de se livrar da dor, teve outras mudanças interessantes, estéticas e comportamentais.

Aí vai o depoimento dela:

“Busquei o Rolfing porque achava o meu corpo muito curto e todas as roupas ficavam estranhas. As calças de cintura baixa ficavam na cintura, e eu sempre tinha que mandar diminuir para ficar com a cintura baixa. Depois que fiz o Rolfing, não aconteceu mais isso

Além disso, sentia muitas dores nas costas.

Como eu trabalho num salão de beleza, tenho que ficar durante várias horas por dia na mesma posição. Agora, mesmo trabalhando muito, como antes, não tive mais dor nas costas.

Além disso, passei a fazer meu trabalho mais rapidamente. Era mais lenta antes.

Parece que eu acordei. Antes tinha vergonha de responder para as pessoas que me falavam coisas desagradáveis. Isso passou: passei a falar o que eu pensava. Antes me pediam coisas e eu sempre dizia “sim”, mesmo quando achava um abuso.

Depois passei a dizer “não” quando não queria fazer uma coisa. As pessoas estranharam, mas eu passei a viver muito melhor.”

Do Livro “Fragmentos de um Ensinamento Desconhecido” de Ouspensky

Cada etnia, cada nação, cada país, cada classe e cada profissão têm seu próprio e definido número de posturas e de movimentos.Esses movimentos e posturas, sendo as características mais permanentes e imutáveis no homem,controlam sua forma de pensar e de sentir.Mas o homem nāo usa nem mesmo as posturas e movimentos possíveis para ele. De acordo com sua individualidade, o homem pega apenas um certo número de posturas e movimentos dentro das suas possibilidades. Assim,cada repertório individual de posturas e movimentos é muito limitado.

O caráter dos movimentos e posturas em cada época, cada etnia, e em cada classe é indissoluvelmente conectado com formas definidas de pensamento e sensação / sentimento.Um homem é incapaz de mudar sua forma de pensar ou de sentir até que ele tenha mudado seu repertório de posturas e movimentos. A forma de pensar ou sentir ( emoções e sensações ) podem ser chamadas de posturas de pensar e de sentir.Cada homem tem um número definido de posturas e de movimentos no pensar e no sentir.

Além disso, as posturas de mover – pensar – sentir, no homem, são conectadas umas às outras e ele nunca pode sair desse repertório de posturas de pensar e sentir a não ser que mude suas posturas e movimentos.

Uma análise dos pensamentos e sentimentos / sensações de um homem e um estudo das suas funções motoras, arranjados de certa maneira, mostra que cada um dos nossos movimentos, voluntários ou involuntários, é uma transição inconsciente de uma postura para outra, todas igualmente mecânicas.

P. D. Ouspensky