transformação

Mudanças Estéticas e de Comportamento

A Sandra veio fazer Rolfing porque não estava satisfeita com seu corpo e tinha muita dor nas costas. Com 30 anos, uma ótima profissional de estética, começou a ter dor nas costas  aos poucos, e ela foi aumentando, até que me procurou. Fizemos um tratamento que durou uns 5 meses, e ela, além de se livrar da dor, teve outras mudanças interessantes, estéticas e comportamentais.

Aí vai o depoimento dela:

“Busquei o Rolfing porque achava o meu corpo muito curto e todas as roupas ficavam estranhas. As calças de cintura baixa ficavam na cintura, e eu sempre tinha que mandar diminuir para ficar com a cintura baixa. Depois que fiz o Rolfing, não aconteceu mais isso

Além disso, sentia muitas dores nas costas.

Como eu trabalho num salão de beleza, tenho que ficar durante várias horas por dia na mesma posição. Agora, mesmo trabalhando muito, como antes, não tive mais dor nas costas.

Além disso, passei a fazer meu trabalho mais rapidamente. Era mais lenta antes.

Parece que eu acordei. Antes tinha vergonha de responder para as pessoas que me falavam coisas desagradáveis. Isso passou: passei a falar o que eu pensava. Antes me pediam coisas e eu sempre dizia “sim”, mesmo quando achava um abuso.

Depois passei a dizer “não” quando não queria fazer uma coisa. As pessoas estranharam, mas eu passei a viver muito melhor.”

Do Livro “Fragmentos de um Ensinamento Desconhecido” de Ouspensky

Cada etnia, cada nação, cada país, cada classe e cada profissão têm seu próprio e definido número de posturas e de movimentos.Esses movimentos e posturas, sendo as características mais permanentes e imutáveis no homem,controlam sua forma de pensar e de sentir.Mas o homem nāo usa nem mesmo as posturas e movimentos possíveis para ele. De acordo com sua individualidade, o homem pega apenas um certo número de posturas e movimentos dentro das suas possibilidades. Assim,cada repertório individual de posturas e movimentos é muito limitado.

O caráter dos movimentos e posturas em cada época, cada etnia, e em cada classe é indissoluvelmente conectado com formas definidas de pensamento e sensação / sentimento.Um homem é incapaz de mudar sua forma de pensar ou de sentir até que ele tenha mudado seu repertório de posturas e movimentos. A forma de pensar ou sentir ( emoções e sensações ) podem ser chamadas de posturas de pensar e de sentir.Cada homem tem um número definido de posturas e de movimentos no pensar e no sentir.

Além disso, as posturas de mover – pensar – sentir, no homem, são conectadas umas às outras e ele nunca pode sair desse repertório de posturas de pensar e sentir a não ser que mude suas posturas e movimentos.

Uma análise dos pensamentos e sentimentos / sensações de um homem e um estudo das suas funções motoras, arranjados de certa maneira, mostra que cada um dos nossos movimentos, voluntários ou involuntários, é uma transição inconsciente de uma postura para outra, todas igualmente mecânicas.

P. D. Ouspensky

 

 

 

 

 

homem vitruviano

Efeitos do Rolfing para além do físico

Roberto, 35 anos, veio me procurar porque fazia um trabalho de desenvolvimento espiritual e achou que o Rolfing poderia ajudá-lo a se conhecer melhor. Ele fez dez sessões em muito pouco tempo, praticamente uma a cada dois dias. Isso não é usual, mas, como ele morava longe, e estava em Campinas apenas por um mês, fizemos o que era possível. Quando terminamos o trabalho, ele fez um comentário que achei muito interessante: “Agora estou me sentindo um homem de carne e osso”

músculos em movimento

Depoimento de um médico sobre sua experiência com o Rolfing

Pedi um depoimento a um cliente para a página de depoimentos e ele respondeu com tanta atenção que eu não quis cortar para caber naquele espacinho. Segue na íntegra o depoimento do Daniel Bekhor:

Leia mais

Rolfing Vogue

Costas Quentes – artigo publicado na Vogue / Janeiro 2012

Com dores crônicas nas costas e problema de postura, Genia Winitzki conta como o rolfing, técnica que atua nos tecidos que cobrem os músculos, realinhou suas estruturas e mudou sua vida

Bastou uma sessão de Rolfing para que um teimoso defeitinho do meu corpo desaparecesse como mágica: o calcanhar direito, que cai para dentro, forçando o joelho e causando uma dor danada nos quadris estava retinho ao fim da massagem. Após a quarta sessão, consegui assistir a uma palestra durante três horas, numa cadeira desconfortável, mantendo a coluna ereta, sem desabar. Por conta de uma fratura na perna e outra na coluna, além de algumas hérnias e muitas horas sentada na frente do computador, postura incorreta e dores frequentes fazem parte do meu dia a dia. Já tentei fazer musculação, RPG e acupuntura, mas nada disso foi suficiente para eliminar o problema. Leia mais

artrose

Dores causadas por artrose

A superfície das articulações é coberta por uma camada de cartilagem que sofre desgaste e é renovada continuamente pelo organismo. À medida que envelhecemos, o desgaste se torna mais rápido que a reposição, a cartilagem fica mais fina, e começa a falhar no seu papel de amortizar o choque entre os ossos da articulação, trazendo dor e até alterações ósseas visíveis. Leia mais